Lei Geral de Proteção de Dados já está em vigor: sua empresa está preparada para 2021?

O seu relacionamento com o cliente hoje em dia parte da base de dados que você possui sobre ele. E-mails, números, gostos e diversos outros aspectos são informações importantes que são coletadas durante uma venda, por exemplo. Em 2021, o prazo dado pelo Ministério Público para começar a penalizar as empresas que não se adequarem à nova Lei Geral de Proteção de Dados acaba. A pergunta que surge é: Você e sua empresa estão preparados para agir conforme as novas normas de coleta de dados da LGPD?

Hoje em dia empresas de todos os segmentos no Brasil fazem a coleta, o armazenamento e o tratamento de dados pessoais dos clientes. A LGPD vem para garantir que esse processo seja feito com mais segurança e proteção aos titulares dos dados pessoais. As sanções administrativas começam a ser aplicadas em 1º de agosto de 2021, mas as adaptações à lei devem ser iniciadas desde já.

Para entender mais sobre a LGPD, confira o bate papo da Mari Petek com o Greg Schneider, que é advogado especialista em LGPD. A conversa do Plin Digital Talks está disponível no youtube.

Lembre-se de unir a sua empresa a agências de soluções digitais que lhe ajudem a adequar as normas da LGPD e lhe apresentem estratégias para vender mais. Contrate a Plin e tenha sucesso em 2021!

Contrate a Plin!

Planejamento digital
Marketing de Conteúdo
Estratégia digital para o seu negócio
e-mail: comercial@plindigital.com
51 9 8225 0065

[PODCAST] Por que o seu cliente deve investir em Social Media?

Mari Petek, participou do PodCast “A comunidade de Marketing Digital”, do SMXP, e respondeu de maneira objetiva algumas perguntas sobre mídias sociais. Mari e mais um convidado, Ben Martin, de São Paulo, precisaram trabalhar em equipe para convencer os ouvintes a contratar suas agências e seguirem suas dicas. O nível escolhido para as perguntas foi médio e por isso o tema foi gastronomia e físico, ou seja, um restaurante. Dá o play e confere as dicas!

Entrevista: a importância do marketing digital – Parte 2

E continuando nossa série com entrevistas sobre marketing digital, hoje é a vez do diretor da Vossa – Estratégia e Comunicação, Gil Kurtz.

 

 

 

 

 

 

 

Confira:

PlinDigital: O que você entende por  marketing digital?
Gil Kurtz: Todas as ações táticas que utilizam as diferentes plataformas da internet para acessar seus diverso públicos-alvo

PD: Qual a importância que você atribui para à sua utilização?
GK: O que vale para o mundo off vale também o on. Ou seja: planejamento, conceito, força criativa e excelência em mídia. Alguém dirá: é óbvio. No entanto, vejo muitas peças e ações “mecanicistas” o que deixa claro que a maioria não usa esses ingredientes.

PD: Você conhece algum bom exemplo de uso do marketing digital? Cite.
GK: A Vossa tem dois cases que foram um sucesso de vendas para Iesa Nissan e Harley Davidson.

PD: Você acredita que o marketing digital é o futuro quando o assunto é divulgação de serviços e negócios?
GK: Creio que já é o presente e certamente crescerá ainda muito num futuro bem  próximo. Um recente estudo feito pela Consumer Engagement da Llorente & Cuenca que analisou as estratégias de 30 grandes empresas multinacionais, entre elas Coca-Cola, 3M e Nestlé , e a maioria utilizarão o storytelling nas suas estratégias de marketing num futuro próximo. Sabemos que o storytelling é uma técnica antiga, a novidade deriva da revolução digital é o storytelling transmedia . Segundo o mesmo estudo 90% das empresas incorporarão essa ferramenta as apostas incluem conteúdos imersivos  como realidade virtual, aumentada e 360 , e narrativas ao vivo como Snapchat ou Instragram Stories.  Explique. Voltando a questão “futuro” não faço coro ,com uma parte de mercado, que  apregoa que o marketing digital será tudo. As ações de marketing experiencial, vínculos emocionais com as marcas continuarão tendo relevância nos esforços de branding. Uso como a analogia a perda de importância dos Cds (compact disc) de música. Hoje  milhões utilizam o Spotify . O meio Cd praticamente não existe mais. A essência desse produto continua o mesmo: a música. O grande desafio de todo empreendedor é ter consciência em qual negócio esta é qual o futuro do mesmo. Por isso, muito antes dos meios é vital trabalhar com duas ferramentas: planejamento estratégico e de marketing.

PD: Quais as principais transformações que o marketing poderá trazer para as empresas no futuro próximo?
GK: Creio que já estão realizando. Nesse capítulo muitos precisam conhecer, entender e fazer uso competente dessa face.

PD: Você tem alguma sugestão para a Plin?
GK: Continuem trabalhando com esse nível de competência e comprometimento.

 

Entrevista: a importância do marketing digital – Parte 1

A partir desta semana, nós da PlinDigital, estreamos aqui no blog uma série de entrevistas com pessoas que não são do mundo do Marketing Digital para mostrar a você que não precisa trabalhar ou estar neste meio para investir em comunicação digital.

Nosso primeiro entrevistado é Rodrigo Holler Petry, gerente administrativo e financeiro da Weco S/A Industria de Equipamentos Termo-Mecânico.

 

 

 

 

 

 

 

Confira:

Plin: Pra você o que é marketing digital?
Rodrigo Holler Petry: Forma de divulgação de produtos e serviços através de mídias sociais e meios, digamos, virtuais.

Plin: Qual importância que você para o assunto? Por quê?
RHP: Pessoalmente entendo como relevante, mas para a empresa em que trabalho tem especial relevância para um produto de uso de consumidores finais, enquanto os demais são para consumidores industriais ou PJ.

Plin: Você acredita que o marketing digital é o futuro quando o assunto é divulgação de serviços e negócios? Explique.
RHP: Sim, pois atinge de maneira dirigida os respectivos públicos-alvo, bem como pode ser feito de modo menos customizado, atingindo consumidores e mesmo não consumidores do produto/serviço divulgado.

Plin: Você tem alguma sugestão para a Plin?
RHP: Entendo que em qualquer negócio, o importante é tentar se colocar no lugar do cliente, com seus anseios e necessidades. Neste ramo da PLIN, pode ser especialmente relevante isso, pois via de regra os empresários têm limitado conhecimento da questão, e em vista do número crescente de ofertas nesta área, diárias e recebidas de diversas formas, por vezes cria uma confusão na cabeça destes empreendedores. Por isso, o importante é conseguir identificar o que cada cliente quer, conhece da questão, simplificando o assunto para um linguajar menos técnico e mais prático, direto. Com isso, creio que o cliente se sente mais confortável e vejo neste aspecto um importante meio de início de um relacionamento de fidúcia e longo prazo.