A Plin e o Nobel de física 2013

GEDSC DIGITAL CAMERA

O Prêmio Nobel de Física de 2013 foi oferecido ontem ao britânico Peter Higgs e ao belga François Englert por seus trabalhos teóricos sobre como as partículas adquirem massa, propostos em 1964. A referida partícula ficou conhecida como o “Bóson de Higgs”. A confirmação da partícula só foi possível graças ao Atlas e CMS no Grande Colisor de Hádrons (LHC) do Cern (Organização Europeia de Pesquisas Nucleares), situado na Suíça.

Diretor de Inovação da Plin Digital, Marko Petek, comenta sobre o Nobel. “A experiência comprova uma hipótese. Sedimenta um novo caminho a seguir sem olharmos para trás”.

Enquanto o governo patina até hoje em burocracia para oficializar sua entrada oficial no Cern, nosso diretor já estava lá desde 2005. Até hoje ele trabalha como participante da equipe que comprovou a hipótese que conferiu o Nobel a Higgs e Englert.

Petek trouxe a experiência adquirida para a Plin Digital. Como? Ele mesmo responde. “Foi neste projeto que aprendi tudo que sei sobre BIG DATA”, afirma.

Está esperando o que para entrar em contato com a gente?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.